Seja Convidado para a Mesa: Seja um Ativista Credível

O presente artigo foi extraído do livro Victory Through Organization dos autores Dave Ulrich, David Kryscynski, Michael Ulrich, Wayne Brockbank.

Após 30 anos a trabalhar nas competências de RH, sugerimos que se dê menos atenção às competências de RH e mais aos resultados que produzem. Um dos resultados cruciais dos profissionais de RH que demonstra as competências de RH é serem vistos como sendo pessoalmente eficazes. Quando os profissionais de RH são pessoalmente eficazes são “convidados a sentarem-se à mesa.”
Na nossa investigação recente com 4000 participantes da área de RH e 32 000 inquiridos, analisámos a relação entre os nove domínios de competências de RH (variáveis independentes) para avaliar que competências de RH ajudaram os profissionais de RH a serem vistos como mais eficazes e, por isso, a serem convidados a participar em discussões de negócios. No Quadro 1, os resultados são distribuídos por percentagens que somam 100%, o que permite ilustrar a importância relativa de cada uma das nove competências que explicam a eficácia pessoal. Estes nove domínios de competências em RH explicam a classificação surpreendente de 83% (R2 total) de eficácia pessoal em RH. Embora todos os nove domínios de competências influenciem a eficácia pessoal dos profissionais de RH, o Quadro 1 revela ainda que ser um Ativista Credível é de longe a competência mais importante na determinação da eficácia pessoal geral dos profissionais RH (19,3%).

Quadro 1:

Impacto separado de cada competência em RH sobre a eficácia individual geral

  Percentagem de Eficácia Geral Explicada por Domínio de Competência (num total de 100%)
Posicionador Estratégico 14,5
Ativista Credível 19,3
Navegador entre Paradoxos 11,7
Campeão da Cultura e da Mudança 14,2
Curador de Capital humano 13,1
Criador e Intérprete de Dados Analíticos 8,2
Comissário de Recompensas Totais 6,2
Integrador de Tecnologia e Media 4,9
Gestor de Conformidade 7,9
Percentagem de eficácia R2 explicada por competências 83,4

 

Estes dados sugerem que os profissionais de RH necessitam de ter uma competência mínima em diversos domínios, mas a sua eficácia geral advém principalmente do facto de serem Ativistas Credíveis (por serem tanto ativos como credíveis).

Credibilidade e Ativismo
É a combinação de credibilidade e ativismo que permite aos profissionais de RH estabelecer relações de confiança com as pessoas que apoiam, bem como com os seus colegas de RH. Utilizam a confiança que conquistaram para influenciar os outros. Os Ativistas Credíveis são respeitados e proativos. Indivíduos credíveis que não são ativistas podem ser respeitados pelos seus conhecimentos ou experiência, mas têm pouco impacto. Os ativistas que não são credíveis podem ter boas ideias, mas ninguém lhes presta muita atenção. A seguinte matriz ilustra este conceito:

Quadro 2: Matriz de Ativista Credível

  Menos Credível Mais Credível
Mais Ativista Risco de ser visto como impetuoso, arrogante ou desinformado Oportunidade de ter impacto através da influência e do relacionamento com os outros e da conquista da confiança pelos resultados
Menos Ativista Risco de ser visto como marginal ou tendo um fraco desempenho Risco de ser visto como irrelevante, não ter nada para dizer, descansar à sombra dos louros, ou não conhecer o negócio

 

Ativistas Credíveis influenciam e relacionam-se com os outros
Os Ativistas Credíveis têm consciência da sua relação com os colegas e parceiros de negócio e investem nessas relações. Constroem relações a montante, jusante e transversais à organização. Também olham para além da organização para desenvolver relações que lhes forneçam olhares de fora para dentro e que os ajudem a encarar os desafios. Com o nosso trabalho a ajudar profissionais de RH a construir influências, descobrimos que as seguintes ações podem ajudar a desenvolver o subdomínio “influência” e “relacionamento com os outros” de um Ativista Credível:

  • Revelam interesse genuíno pelos outros
  • Agem com a dose certa de humildade e confiança
  • Procuram aprender tanto com os sucessos como com os fracassos
  • Revelam integridade pessoal e ética

Ativistas Credíveis conquistam confiança através dos resultados
Influência e relação constroem confiança, mas em última análise a eficácia profissional começa e termina com os resultados. Os profissionais de RH conquistam confiança cumprindo o prometido e apresentando resultados, mantendo e construindo relações eficazes. O subdomínio da conquista de confiança pelos resultados tem os seguintes atributos:

  • Conquistou a confiança dos principais atores internos e externos
  • Enquadra ideias complexas de forma simples e útil
  • Atravessa circunstâncias adversas com persistência
  • Tem um historial de apresentação de resultados

Avaliação e ferramentas do Ativista Credível
Como já orientámos e formámos 10 000 profissionais de RH, criámos uma avaliação do que é ser um Ativista Credível e identificámos práticas e ferramentas de melhoria, descritos no Quadro 3.

Quadro 3:

Princípios e práticas de um RH Ativista Credível

Princípios de uma relação próxima Práticas e ferramentas de um RH Ativista Credível

(coaching e dicas de melhoria)

1 Desejo:

O que é que eu quero?

  • Fazer e receber propostas; iniciar contactos (+80% propostas com resposta positiva)
  • Penso no valor da relação; quero que funcione
2 Tempo:

Onde é que passo o meu tempo?

  • Passar tempo de qualidade com alguém para me ligar com ele
  • Estar disponível… pedir e dar ajuda
  • Ter experiências partilhadas que criam memórias
3 Preocupação:

O que posso fazer por si?

  • Preocupar-me com os outros
  • Apoiar o outro… alegrar-me com os seus êxitos; estar disponível quando as coisas correm mal
  • Conhecer os interesses da outra pessoa, sonhos, esperanças, desejos
4 Partilhar valores:

O que temos em comum?

  • Ter interesses comuns… o que partilhamos
  • Descobrir coisas que ambos gostamos de fazer ou de discutir
  • Passar tempo juntos com experiências partilhadas
5 Ser positivo:

O que faz bem?

  • Concentrar-se no que está bem na relação (5:1 rácio de comentários positivos sobre os negativos)
  • Manifestar a sua gratidão a essa pessoa; faça comentários construtivos
  • Respeitar e apreciar as diferenças
6 Produto:

Como é que posso deixar que a outra pessoa me influencie?

  • Deixar que os outros o influenciem… “O que acha”
  • Fazer o que eles querem… “Você decide”
  • Saber reconhecer a quem cabe a decisão
7 Começar pequeno:

O que faço agora?

  • Concentrar-se no que funciona agora… Uma ligação forte não acontece de repente
  • Descobrir pequenas ações simples para a ligação
8 Comunicar:

Com que facilidade partilho partes de mim com os outros?

  • Partilhar sentimentos mais profundos; deixar a outra pessoa perceber os seus sentimentos
  • Celebrar e chorar em conjunto
  • Manter um espírito aberto e transparente
9 Ser resiliente:

Como é que posso ver para além dos problemas diários?

  • Perdoar; não guardar ressentimento; libertar-se
  • Ver ao longe; não ficar a matutar nas coisas pequenas (60 a 70% dos problemas nunca são resolvidos, mas geridos)
  • Ser paciente
  • Revelar garra

 

Resumo do Ativista Credível
Os profissionais de RH que querem acrescentar valor comercial têm de participar nas discussões de negócio. Para serem convidados a participar nessas discussões, os profissionais de RH têm primeiro de revelar competências de Ativistas Credíveis. Têm de ser credíveis e têm de ter opinião e estar dispostos a vocalizar essa opinião. Os Ativistas Credíveis constroem credibilidade ao longo do tempo apresentando resultados, melhorando o desempenho pessoal e profissional, desenvolvendo relações de confiança dentro e fora e usando essa confiança para influenciar os outros.

Por: Dave Ulrich (Universidade do Michigan/Grupo RBL), David Kryscynski (Universidade Brigham Young), Michael Ulrich (Universidade do Estado do Utah) e Wayne Brockbank (Ross School of Business/Universidade do Michigan)

Artigos Relacionados: