Programa “Protechting” seleciona startups para fase de aceleração

A terceira edição do programa de captação e aceleração de startups, promovido pela Fidelidade e Fosun, com o apoio da Luz Saúde e do banco alemão Hauck & Aufhäuser, selecionou as startups finalistas que vão integrar a fase de aceleração do Protechting dedicado às áreas de Healthtech, Insurtech e Fintech.

As 12 startups selecionadas para a fase de aceleração são HUMANOO, RNTERS e GISTEK (na área de Insurtech), COPSONIC, SPINANALYTICS e WALL I (na área de Fintech), e MEDICSEN, SKINSOUL, CRIAMTECH, CARDIAMO, BAYLIFETECH e TMASS (na área de Healthtech).

Depois de uma semana intensa de bootcamp em Lisboa, o júri, composto por representantes da Fidelidade, Fosun, Luz Saúde e Hauck & Aufhäuser, selecionou as 12 startups que vão passar para a fase de aceleração e que terão a oportunidade de desenvolver um projeto piloto dentro das empresas do Grupo Fosun. Esta fase do programa decorre de julho a outubro.

Durante o anúncio das startups finalistas do programa Protechting, Li Haifeng, vice-presidente sénior do Grupo Fosun, referiu: “Lançámos o Protechting com a Fidelidade há três anos. Hoje, estamos felizes por ver Portugal a tornar-se num local de referência para o desenvolvimento de startups na Europa. Cada vez mais unicórnios europeus crescem em Portugal, cada vez mais parceiros se juntam a nós no Protechting”.

Jorge Magalhães Correia, presidente do Grupo Fidelidade, acrescentou que “o programa é já uma referência no contexto internacional. Com esta terceira edição, não só reforçamos o apelo da marca que temos vindo a criar, como apoiamos o desenvolvimento do ecossistema de empreendedorismo em Portugal. Incorporar a visão externa e inovadora das startups que integram este projeto é para nós fundamental”.

Na semana de bootcamp participaram 22 equipas provenientes de dez países diferentes (Alemanha, China, Espanha, Estados Unidos, Finlândia, França, Moçambique, Ucrânia, Reino Unido e Portugal), onde tiveram a oportunidade de melhorar os seus modelos de negócio.

Após o período de aceleração, os três melhores projetos finais serão premiados com um roadshow na China, com acesso a alguns dos maiores investidores do mundo, onde terão a oportunidade de integrar e desenvolver os seus negócios com a Fosun, Fidelidade, Luz Saúde ou Hauck & Aufhäuser. O vencedor, com o melhor modelo de negócio, será também distinguido com um prémio monetário no valor de dez mil euros.

Para além da competição em Portugal, no âmbito de uma parceria entre o Grupo Fosun e o Governo de Xangai, as startups vencedoras da terceira edição do Protechting irão participar na competição Chuang Qingchun, um concurso de Inovação e Empreendedorismo Jovem de Xangai, a decorrer em setembro.

Artigos Relacionados: