Os 6 Elementos: Uma Breve História sobre a Natureza, a Humanidade e a Tecnologia

A origem é o princípio. O princípio do mundo como hoje o conhecemos. A origem do sistema solar e do espaço, bem como a origem da vida na terra e nos oceanos, como vertentes intimamente ligadas e correlacionadas. O ponto de partida para a conversação tecnológica que com estes tem vindo a interagir desde os primórdios da história.

Se o ar, a terra, o fogo e a água são elementos interdependentes e indispensáveis à vida, a espécie humana foi seguramente revolucionária para que esta dinâmica evoluísse e fosse sendo cada vez mais complexa. Importa, portanto, entender a Origem de Tudo, dos Quatro Elementos da Natureza, e também do Homem e da própria Tecnologia enquanto elemento transformador da vida em sociedade e aspeto essencial do mundo atual.

Por um lado, acontecimentos tão marcantes e importantes como o Big Bang, o advento do Homo Sapiens e a teoria da evolução natural das espécies, as revoluções agrícola e industrial ou a chegada do primeiro Homem à Lua, representam um todo indivisível que deve ser compreendido à luz da sua evolução. Por outro lado, para além da apresentação e interpretação de factos históricos essenciais à Humanidade, é relevante entender ainda o estado atual do planeta, e sobretudo os seus enormes desafios nos domínios da Sustentabilidade e da Tecnologia.

Tal como nos Quatro Elementos, há que entender o planeta com as suas múltiplas interdependências e causalidades, em que fenómenos como o aquecimento global e as alterações climáticas apresentam verdades inconvenientes, incontestáveis e científicas que não podem ser descuradas e para as quais soluções urgentes são tão necessárias e essenciais.

Ao mesmo tempo, a Tecnologia tem e terá um papel importante e potencialmente decisivo a desempenhar nesta dinâmica, importando identificar o impacto da Inteligência Artificial, do Blockchain ou da Internet das Coisas numa era de mutação rápida e acelerada. E se o mundo do futuro será o mundo dos drones, dos robôs e da realidade virtual, é certo que o Homem continuará a ser o principal motor do desenvolvimento económico, social e cultural das sociedades. Como tal, é critico compreender os fundamentos e mecanismos de liderança das organizações atuais como componente fundamental deste processo de mudança, sejam estas organizações nacionais ou transnacionais, públicas ou privadas.

É, pois, essencial comunicar uma visão de futuro integrado, considerando os Seis Elementos, isto é, os Quatro Elementos da Natureza, a Humanidade e a Tecnologia, funcionando em uníssono. Urge, portanto, deixar uma mensagem final sobre as oportunidades a explorar e uma proposta de medidas a implementar por cada um de nós, na sociedade, nas empresas e nos Estados, definindo uma framework de liderança sustentável e holística, que tem em conta um debate intergeracional e supranacional sobre temas críticos para a contínua evolução da Humanidade e do Universo.

É esta a missão ambiciosa do livro Os 6 Elementos: Uma Breve História sobre a Natureza, a Humanidade e a Tecnologia, no qual Diogo Almeida Alves fará uma viagem ao Cosmos de Einstein, Hawking ou Sagan, à origem e evolução do Homem de Darwin, Harari ou Damásio, e ao poder da exploração e da ciência da National Geographic, apresentando ainda um conjunto de case studies de colaboração e inovação a nível nacional e internacional em projetos de Tecnologia ligados aos Quatro Elementos. O ISQ (Instituto de Soldadura e Qualidade), com projetos nas mais variadas áreas, é o parceiro nacional deste livro, para além dos contributos de experts internacionais, de diversas organizações prestigiadas como a NASA, o World Economic Forum, a Agência Espacial Europeia (ESA), a Organização Europeia para a Pesquisa Nuclear (CERN) ou a Singularity University.

Por: Diogo Almeida Alves, VP na A2D – Analog to Digital, Global Shaper do Fórum Económico Mundial, professor convidado na Católica Lisbon School of Business & Economics

Artigos Relacionados: