O papel do top management no desenvolvimento das academias corporativas

No passado dia 24 de maio realizou-se o III Meeting das Academias Corporativas, organizado pela Escola de Liderança e Inovação (ELINOV-IFOR) do ISCSP (Universidade de Lisboa), em parceria com o Pessoas@2020 Fórum – Pessoas e Organizações, que contou com o apoio da Galp e da Rock in Rio Academy e reuniu várias empresas.
No evento, que se realizou na sede da Galp, em Lisboa, estiveram representadas as academias da ATEC, Deloitte, EDP, Galp, Grupo Pestana, Metlife, SGS Portugal, Sumol+Compal, TAP e Worten, para debater o tema “O papel do top management no desenvolvimento das academias/universidades corporativas”.
Entre as principais conclusões, destaca-se que, embora o envolvimento do topo organizacional ocorra na maior parte das academias/universidades presentes, continua a não ser uma realidade transversal à totalidade do ensino corporativo em Portugal. A questão cultural é apontada como principal causa.
Tendo em conta as entidades representadas, concluiu-se ainda que são várias as organizações nas quais existe uma forte aposta no ensino corporativo, nomeadamente ao nível do budget/orçamento; da ligação direta (funcional) ao presidente/administração, havendo autonomia em termos concetuais e programáticos; e do envolvimento, transmissão de conhecimento e participação para desenvolvimento das próprias competências.
Entre os principais desafios, ambições ou preocupações do top management ao nível do ensino corporativo, de referir:

  • A customização do ensino face às necessidades de competências específicas por parte das empresas, cujo mercado laboral não preenche (exemplo dos técnicos especializados) e formas distintas de aprendizagem em consonância com as diferentes gerações;
  • Espaço para a requalificação e reconversão profissionais à luz das mudanças em curso como, por exemplo, a transformação digital;
  • Cariz prático-operacional, “on the job”.

A importância dos tutores no ensino/formação corporativa e o foco no desenvolvimento do middle management como primordial para as organizações foram outras ideias sublinhadas pelos responsáveis presentes nesta terceira edição do encontro.
A sessão foi dirigida por Manuel Sousa Antunes, presidente do Pessoas@2020 – Fórum Pessoas e Organizações, e Miguel Pereira Lopes, responsável da ELINOVIFOR, contando ainda com a intervenção de Alexandre Real, Filipe Ferreira e Mariana Lellis, coordenadores da Rock in Rio Academy.

Artigos Relacionados: