“Maratona da Saúde” angariou 50 000 euros para investigação em cancro

A 6.ª edição da Maratona da Saúde, com o tema “Conhecer o Cancro”, teve um balanço bastante positivo graças aos donativos de todos os portugueses que se juntaram a esta iniciativa.

Foi no passado dia 29 de março que se realizou o Dia Solidário Anual da Maratona da Saúde em direto na RTP 1 e RTP Internacional. A RDP Internacional, Antena 1, 2 e 3 e o Canal Saúde Mais também se associaram a esta emissão solidária dedicada ao cancro.

A maratona televisiva de várias horas consecutivas de emissão em direto na RTP contou com a apresentação de Sónia Araújo e de Jorge Gabriel, a quem se juntaram muitas caras da RTP, músicos, casos de vida, associações de doentes, médicos, cientistas e parceiros da Maratona da Saúde.

Segundo Gonçalo Reis, presidente da RTP, “a Maratona da Saúde tem vários méritos, lança toda esta consciência sobre temas de saúde, de qualidade de vida e de combate às doenças; (…) e por fim reúne fundos que são aplicados, ano após ano, na investigação biomédica, no combate à doença e a favor da saúde. E fico muito contente pela recorrência, porque ano após ano temos esta iniciativa, o apoio institucional da RTP e, muito importante, o envolvimento dos nossos profissionais que abraçam esta causa e que colaboram com esta iniciativa válida da sociedade civil”.

Para além da sensibilização e da informação específica sobre o tema “Conhecer o Cancro”, este evento solidário angariou cerca de 50 000 euros que irá apoiar a investigação científica de excelência na área do cancro em Portugal, através dos Prémios Maratona da Saúde em Investigação Biomédica. Apesar da incidência do cancro estar a aumentar, graças à investigação científica, a cura e a sobrevivência com grande qualidade de vida são cada vez mais evidentes. Segundo Maria de Belém Roseira, presidente da Maratona da Saúde, esta iniciativa “aposta muito na capacidade de financiar os nossos cientistas em linhas de investigação que nos ajudarão a controlar e a combater as doenças”.

Ao lado da Maratona da Saúde desde a 1.ª edição, a Fundação Altice Portugal garantiu as linhas telefónicas de angariação de donativos, através de uma linha de valor acrescentado e de dois call centers com cerca de 30 posições de atendimento, onde participaram mais de 70 voluntários da Altice Portugal, figuras públicas e cientistas, que asseguraram o atendimento da linha telefónica solidária. Alexandre Fonseca, presidente executivo da Altice Portugal, considera que “esta é uma iniciativa fundamental para apoiar a causa da luta contra o cancro” e espera “que a exposição que damos, através da RTP, da Altice e destes amigos, possa contribuir para que a tecnologia, ao lado da saúde, possa melhorar a vida das pessoas, e o combate ao cancro é uma das causas mais nobres que podíamos ter nessa perspetiva”.

Artigos Relacionados: