IDC posiciona-se como líder de referência na transformação digital

A IDC, empresa mundial especializada em market intelligence, serviços de consultoria e organização de eventos para os mercados das tecnologias de informação e transformação digital, acaba de ganhar o maior contrato de sempre para a prestação de serviços de pesquisa e consultoria na região EMEA, em particular, estudos e consultoria sobre transformação digital e TI para a União Europeia (UE), de forma a apoiar as suas mais de 80 organizações, incluindo todas as direções-gerais e instituições da UE, como são os casos do Banco Central Europeu, Europol e a Agência Europeia de Medicamentos.

Este contrato de prestação de serviços celebrado entre a IDC EMEA e a UE terá a duração de quatro anos e pode atingir o valor de 40 milhões de euros. Através da celebração deste contrato, a IDC Portugal reforça a sua capacidade de continuar a crescer nos serviços de pesquisa e consultoria na área da transformação digital, setor onde Portugal se destacou como a melhor unidade de negócios na IDC EMEA devido ao seu crescimento contínuo e à inovação de negócios de consultoria. Neste contexto, Gabriel Coimbra, responsável máximo da IDC Portugal, acaba de ser nomeado vice-presidente de Grupo na IDC EMEA para desenvolver e dinamizar a Rede de Consultoria IDC na Europa, na qual os consultores da IDC Portugal terão um papel fundamental no apoio ao IDC Digital Transformation & IT Advisory na EMEA.

Para Gabriel Coimbra, este importante contrato e o anúncio da sua nomeação a vice-presidente do Grupo na IDC EMEA “foi recebido com um enorme orgulho e satisfação pelo facto da equipa da IDC Portugal ter alcançado este reconhecimento internacional”. Reforça, ainda, que “este contrato de serviços de consultoria com a UE reflete um impacto assinalável para a nossa atividade e suas respetivas áreas de atuação, reafirmando o nosso profissionalismo e a importância e pertinência das temáticas da transformação digital junto das organizações públicas e privadas e, agora, das entidades associadas à UE”.

Ainda no âmbito deste contrato, todas as organizações da UE terão acesso aos estudos, relatórios e pesquisas da IDC referentes às tendências de futuro e às principais diretivas no que diz respeito à transformação digital e pesquisas de TI. As entidades ligadas à UE terão igualmente a possibilidade de recorrer a consultores especializados da IDC e aos seus serviços de consultoria específica, de forma a assessorar os principais responsáveis com capacidade de decisão na UE.

Artigos Relacionados: