Hamilton lidera o Mundial de Fórmula 1

O britânico Lewis Hamilton, da Mercedes, campeão em título, venceu o Grande Prémio do Azerbaijão, quarta prova do Mundial de Fórmula 1 de 2018, conquistando em Baku a 63.ª vitória da carreira e a liderança do campeonato.
Numa corrida com vários incidentes, o que levou a inúmeras entradas do safety car, Hamilton cortou a linha da meta em primeiro lugar, muito graças ao azar do seu companheiro de equipa, o finlandês Valtteri Bottas, que foi obrigado a abandonar a duas voltas do fim, quando seguia na frente, devido um pneu furado.
“Honestamente, foi uma corrida cheia de emoções. O Valtteri fez um trabalho fenomenal e merecia ter vencido”, confessou Hamilton, minutos depois de levantar o troféu no lugar mais alto do pódio.
O finlandês Kimi Raikkonen, da Ferrari, que chegou a estar no 14.º lugar no início da corrida, devido a uma saída de pista, foi o segundo classificado, a 2,460 segundos do vencedor, enquanto o mexicano Sergio Perez assegurou o terceiro lugar, a 4,024 segundos, colocando pela primeira vez desde 2016 a Force India no pódio.
A prova foi em grande parte dominada pelo alemão Sebastian Vettel, da Ferrari, que arrancou da pole position, mas acabou por cair para o segundo lugar, após o embate entre os dois Red Bulls de Max Verstappen e Daniel Ricciardo, que levou à entrada do safety car.
O germânico ainda conseguiu atacar a liderança de Bottas, mas cometeu vários erros e perdeu algumas posições, tendo terminado no quarto posto, a 5,329 segundos de Hamilton.
Num fim de semana em que parecia estar a caminho de reforçar o comando do Mundial, Vettel acabou ultrapassado pelo britânico, que passou a somar 70 pontos, contra os 66 do alemão.
A quinta ronda da prova está agendada para 13 de maio, com o Grande Prémio de Espanha, em Barcelona.

Artigos Relacionados: