Grupo Ageas Portugal associa-se ao Teatro Nacional D. Maria II

Com o objetivo de fortalecer o serviço público de cultura prestado pelo Teatro Nacional D. Maria II, o Grupo Ageas Portugal associa-se a este teatro, numa parceria de três anos, que visa aproximar ainda mais o D. Maria II de todos os portugueses.

“O Teatro Nacional D. Maria II é, há 173 anos, uma casa de criação, de reflexão e de difusão de arte teatral. Temos um profundo compromisso com a democratização do acesso dos cidadãos à cultura, desenvolvendo projetos por todo o território e para todos os públicos”, afirma Cláudia Belchior, presidente do conselho de administração do Teatro Nacional D. Maria II.

“Com o apoio do Grupo Ageas Portugal, reforçamos a circulação de espetáculos no país, alimentando a oferta teatral de qualidade em geografias cada vez mais abrangentes. É com grande cumplicidade que iniciamos esta parceria, reflexo da nossa partilhada convicção de que a cultura é um direito fundamental de todos nós”, conclui.

A Rede Eunice é um dos projetos que beneficia deste fortalecimento, assumindo a denominação de Rede Eunice Ageas. Também o Salão Nobre do D. Maria II apresenta agora a designação de Salão Nobre Ageas.

Lançado em 2016, a Rede Eunice é um projeto de difusão de espetáculos produzidos e coproduzidos pelo D. Maria II, amadrinhado pela atriz Eunice Muñoz, e que se desenvolve em parceria com municípios que queiram proporcionar às suas comunidades um reforço da oferta teatral de qualidade.

Ao longo de três temporadas, fizeram já parte deste projeto quatro teatros municipais, que acolheram um total de nove espetáculos. Até ao final de junho, estão abertas as candidaturas para que três teatros municipais possam integrar a nova edição da Rede Eunice Ageas, juntando-se ao Teatro Municipal de Portimão, no projeto desde 2017.

Para Steven Braekeveldt, CEO do Grupo Ageas Portugal, “a aposta contínua na cultura em Portugal é um dos eixos estratégicos do Grupo. Esta parceria com um dos mais emblemáticos teatros portugueses marca mais um passo no nosso investimento na cultura nacional com forte dinamização nas áreas da cultura, da música, da dança e do entretenimento”.

Artigos Relacionados: