General Motors nomeia a sua primeira mulher como diretora financeira

Fundada em 1908, a General Motors (GM) nomeou, pela primeira vez na história, uma mulher como chefe do setor financeiro (CFO). Trata-se de Dhivya Suryadevara, antiga vice-presidente de finanças da empresa, que substituiu Chuck Stevens, cuja aposentação está marcada para o próximo ano.

Nascida em Chennai, na Índia, formada em Harvard e há 14 anos na GM, Dhivya representa, ainda que lentamente, a mudança de paradigma na questão da diversidade por parte das grandes empresas – especialmente uma do setor automóvel, tão tradicionalmente ligado ao universo masculino.

A GM já tinha recebido destaque neste sentido em 2013, quando Mary Barra foi nomeada CEO, tornando-se a primeira mulher a ocupar o cargo mais importante da empresa.

Assim, a GM torna-se apenas a segunda empresa na lista de 500 maiores corporações do mundo da Fortune a ter mulheres nos cargos de CEO e CFO. A outra é a fabricante de chocolates Hershey’s.

Artigos Relacionados: