European Innovation Academy reconhecida como uma das cem pioneiras digitais da Europa

A European Innovation Academy (EIA), fundada na Estónia e presente em Portugal, foi reconhecida pelo Financial Times, pela Google e pelos principais decisores políticos europeus como uma das cem pioneiras digitais da Europa. A organização que desenvolve programas de empreendedorismo na área da tecnologia foi selecionada pela sua capacidade de inovação e promoção de competências digitais junto de jovens e empresas.

Este reconhecimento levou à inclusão da EIA no Europe’s Road to Growth, um relatório do Financial Times que apresenta as cem melhores empresas, indivíduos e organizações europeias que estão a aplicar tecnologia para transformar os seus negócios e enfrentar de forma inovadora os desafios da digitalização.

A organização chegou a Portugal pela primeira vez em 2017 e, desde então, já conta com duas edições do programa de aceleração, que reúne os mais brilhantes estudantes vindos das melhores universidades americanas, asiáticas e europeias para transformar ideias em startups durante 15 dias de trabalho. A edição de 2018 contou com 500 participantes de 75 nacionalidades, cem novas startups e 90 oradores e mentores, e foi a maior academia de sempre organizada pela European Innovation Academy.

“A EIA tem vindo a capacitar estudantes e empresas de todo o mundo a pensar em grande e com ambição. Tecnologia e digitalização são ferramentas que adotamos para tornar o mundo num lugar melhor. Estamos muito orgulhosos por receber este reconhecimento e continuaremos a educar mentes disruptivas através das nossas aceleradoras e programas especiais”, afirma Alar Kolk, presidente da European Innovation Academy.

Esta conquista acontece no momento em que a European Innovation Academy se prepara para desenvolver programas de empreendedorismo para 2019 em Itália, China, Qatar e novamente em Portugal.

Artigos Relacionados: