€200 milhões para modernizar empresas que foram objeto de reestruturação

O Banco Europeu de Investimento (BEI) e a Instituição Financeira de Desenvolvimento (IFD) dão mais um passo no sentido de conceder financiamento às pequenas e médias empresas portuguesas que foram objeto de uma reestruturação bem-sucedida e que necessitam de fundos para investir em inovação, com o objetivo de se tornarem mais competitivas.

Em conjunto, as duas instituições disponibilizarão 200 milhões de euros para apoiar a modernização e a capitalização das PME e mid-caps portuguesas. O banco da UE concederá um empréstimo de cem milhões de euros à IFD, e a instituição de fomento nacional portuguesa assegurará que os intermediários financeiros complementem o empréstimo do BEI com, pelo menos, o mesmo montante em benefício das PME e mid-caps.

Esta iniciativa pretende concretizar mais uma das medidas previstas no Programa Capitalizar, operacionalizado pelo Ministério da Economia: proporcionar o acesso ao financiamento a empresas recentemente reestruturadas, que têm maiores dificuldades a aceder ao crédito bancário.

Este novo instrumento prevê não apenas o apoio direto a investimento em capital fixo associado ao desenvolvimento de projetos que visem a recuperação empresarial, mas também o apoio a necessidades de fundo de maneio resultantes do desenvolvimento de tais projetos.

Artigos Relacionados: