Diversidade de género na liderança evolui a ritmo lento

Apesar das evidências que relacionam a diversidade com o aumento do desempenho, a aposta, por parte das empresas, na diversidade de género na liderança está a mudar a um ritmo extremamente lento. A pesquisa do International Business Report da Grant Thornton revela que a proporção de mulheres em cargos de liderança sénior atingiu 25%, um aumento de apenas 1% desde 2016, e de 6% desde que a pesquisa começou, há 13 anos.
O relatório revela também que homens e mulheres encaram os riscos e as oportunidades de maneiras diferentes, e, consequentemente, agem de forma distinta. Quando aproveitadas em conjunto, essas perspetivas diversas facilitam estratégias de risco efetivas para o crescimento sustentável de negócios dinâmicos, ou seja, as empresas precisam de ser mais produtivas, mais inovadoras e, em muitos aspetos, mais abertas se quiserem prosperar.

Artigos Relacionados: