CATÓLICA-LISBON é uma das escolas mais internacionais do mundo na Formação de Executivos

A Católica Lisbon School of Business & Economics volta a integrar o top 25 europeu de acordo com o ranking global do Financial Times para a Formação de Executivos. Este ano, a escola é confirmada como uma das mais internacionais do mundo e a mais internacional do país, quer na avaliação aos programas abertos, quer nos programas customizados para empresas.

De acordo com Céline Abecassis-Moedas, diretora para a Formação de Executivos, desde fevereiro deste ano, e docente e investigadora internacional em inovação e design thinking, estes resultados são a confirmação que a CATÓLICA-LISBON continua a ser uma referência nacional e internacional para os executivos de topo. “Temos uma posição forte e a consciência que precisamos de continuar a inovar numa perspetiva de melhoria contínua. É fundamental continuarmos a apostar na orientação para o cliente, isto é, estarmos constantemente atentos às necessidades das empresas, e dos mercados, e assim oferecermos serviços de formação alinhados com essas necessidades, e ao mesmo tempo trazer ideias novas ao mundo empresarial através de uma educação inovadora. É nessa perspetiva que, nos próximos meses, lançaremos novos programas em temáticas como inteligência artificial, blockchain e responsible business”.

De referir que este ranking agregado do Financial Times é construído através de duas componentes: um ranking para os programas de inscrição aberta (open rank) e outro para programas customizados para empresas (custom rank). De um leque de 80 escolas de topo em cada um destes rankings, o Financial Times considera apenas as 50 escolas mundiais de topo no conjunto das duas áreas, sendo que a CATÓLICA-LISBON está no top 25 europeu, e em 48.º lugar a nível mundial.

Artigos Relacionados: