BIAL tem dois novos administradores


A BIAL acaba de incorporar no seu conselho de administração dois novos membros, José Almeida Bastos e Richard Pilnik, que vêm reforçar a estratégia da empresa assente na internacionalização e inovação.

José Almeida Bastos integra a comissão executiva da BIAL, com o pelouro das operações comerciais, nacionais e internacionais. O novo administrador da farmacêutica portuguesa deixa, assim, o cargo de vice-presidente sénior e presidente da Commercial Alliance Management da MSD (Merck Sharp & Dohme), empresa onde estava desde 1997. Esteve ainda na Roche, na direção médica desta multinacional em Portugal e como diretor da Unidade de Negócio Hospitalar em Espanha. Foi vice-presidente da APIFARMA e membro da direção da Farmindustria, a associação da indústria farmacêutica do Brasil, bem como da sua congénere para a América Latina.

Por sua vez, Richard Pilnik, com uma carreira de mais de 35 anos no setor da saúde, entra como membro não executivo para o conselho de administração da BIAL. Richard Pilnik trabalhou na farmacêutica norte-americana Eli Lilly durante 25 anos, onde exerceu vários cargos. Como CEO e presidente para a Europa, Médio Oriente e África supervisionou mais de 50 países, com um volume de negócios superior a quatro mil milhões de euros, tornando a Eli Lilly na farmacêutica com maior crescimento na região. Em 2014, reformou-se da Quintiles Transnational como vice-presidente executivo e presidente da Global Commercial Solutions, tendo integrado a equipa de gestão que lançou a Oferta Pública Inicial da empresa na bolsa de Nova Iorque. Richard Pilnik ocupa, atualmente, cargos de administração na Diamedica e na Fuqua School of Business da Universidade de Duke, trabalhando ainda como consultor para várias empresas.

Artigos Relacionados: