A experiência dos colaboradores no centro da estratégia das empresas

“Escolhe um trabalho de que gostes e não terás de trabalhar um dia na tua vida”. Trazer para a vida real esta máxima confuciana é verdadeiramente recompensador, ou será apenas um cliché?

De facto, é no local de trabalho que passamos a maior parte do nosso tempo. Por isso, proporcionar a melhor experiência às pessoas durante o seu horário laboral tornou-se, não só algo valorizado pelas próprias, mas também uma responsabilidade das empresas, sobretudo nos casos das empresas que têm o objetivo de oferecer a melhor experiência ao cliente, pois precisam também de garantir que trabalham para oferecer a melhor experiência aos seus colaboradores.

Cada vez mais, as empresas estão conscientes de que proporcionar melhores ambientes de trabalho ajuda a atrair o melhor talento, o que, consequentemente, facilita a relação da equipa com o cliente, podendo assim oferecer-lhe, também a ele, a melhor experiência. Desta forma, a experiência do colaborador passou a fazer parte da estratégia de algumas empresas.

Sabemos, hoje em dia, que o salário deixou de ser uma das causas apontadas para uma pessoa recomendar ou não a sua empresa, ou decidir ficar ou sair. Por outro lado, aspetos como os relacionamentos pessoais, os benefícios disponíveis, as comemorações, as oportunidades de reconhecimento ou o desenvolvimento são os que mais influenciam essa decisão. Assim, hoje há muitas empresas focadas em promover várias ações e iniciativas para fortalecer os relacionamentos entre colegas; dar às pessoas a oportunidade de escolher a sua formação com base nos seus interesses individuais; promover ações de voluntariado; fomentar as celebrações com os colegas e com as famílias e organizar ações para promover hábitos saudáveis, como oferecer peças de fruta no escritório ou oferecer aulas de pilates.

Este é o caso da Liberty, onde há muito tempo trabalhamos nesta linha, apostando na implementação destas medidas e também avaliando frequentemente a experiência dos nossos colaboradores para garantir que, todos os dias, eles sintam que recomendariam a nossa companhia. Como reflexo deste compromisso e ouvindo as suas sugestões, temos posto em prática algumas ações inovadoras. Por exemplo, em setembro, iniciámos no nosso escritório de Portugal uma iniciativa para promover a deslocação de bicicleta para o trabalho. Neste âmbito, vamos pagar 0,37 euros por cada quilómetro aos colaboradores que optarem por esse meio de transporte, mais ecológico e que também fomenta um estilo de vida mais ativo. Anualmente também promovemos uma semana dedicada à saúde, a Wellness Week, durante a qual organizamos workshops de nutrição, marmitas saudáveis e cuidados com o corpo, sessões de mindfullness e de gestão emocional, desafiamos os colaboradores a darem mil passos por dia, com prémio incluído, entre outras iniciativas.

Além destas ações, demos um passo à frente para envolver toda a empresa neste objetivo de criarmos a melhor experiência possível e, hoje, na Liberty, os nossos colaboradores são também embaixadores: todos podem acrescentar valor, seja com opiniões, sugestões ou avaliações. Desta forma, garantimos que continuamos a contribuir para promover ações com as quais os nossos colaboradores se identifiquem, elevando, assim, a qualidade da sua experiência no local de trabalho.

Por: Beatriz Ortega, responsável pela área de Employee Experience da Liberty Seguros

Artigos Relacionados: