A disrupção tecnológica enquanto motor de negócio

40 anos depois do início de uma revolução digital, marcada pela chegada da Internet aos vários cantos do globo, a forma como empresas, universidades e consumidores pensam e atuam mudou. Mudou muito.

Pouco antes, em 1973, a aprovação do primeiro código de barras, o primeiro standard global, tinha um impacto igualmente considerável no mundo dos negócios, melhorando a eficiência e visibilidade das cadeias de valor em todos os setores.

As dinâmicas de mercado, as relações interpessoais e as tendências de consumo da atualidade derivam, em larga medida, desses dois marcos de inovação. Num mercado cada vez mais global, volátil e inesperado, com um consumidor cada vez mais exigente, informado e com acesso facilitado a produtos e serviços, o desenvolvimento e otimização constantes de processos e recursos é, mais do que nunca, uma prioridade. E, para isso, identificar e desenvolver o talento, nas mais diversas áreas, é essencial.

Os desafios da transformação digital exigem mudanças de estratégia e de atitude que vão muito além do departamento informático e da utilização da tecnologia em contexto corporativo.

A crescente adoção de dispositivos móveis, como smartphones, tablets e laptops gera novas oportunidades, resultando na necessidade de maior convergência entre o mundo físico e o online. É fundamental criar uma experiência única e integrada entre todos os canais para o consumidor – a omnicanalidade.

Para debater estes desafios e as oportunidades que oferecem, a GS1 Portugal – Codipor, organiza, há já cinco anos, o Fórum Digital Engagement, reunindo parceiros empresariais e tecnológicos, decisores e autoridades competentes.

Na mais recente edição, realizada em julho, subordinada ao tema “Consumer Journey: O Consumidor no Centro da Transformação Digital” e que contou com a presença de organizações como a Altice, APDC, Google Portugal, MERCER | Jason Associates, Microsoft Portugal e Nova SBE, concluiu-se que a transformação digital apresenta benefícios claros para empresas e consumidores, mas também o importante desafio de potenciar o talento, otimizar os recursos, sendo esta capacidade um ativo competitivo essencial.

Capitalizar a disrupção digital em prol da otimização de processos e da capacidade de atrair talento nas mais diversas áreas, permitirá às empresas do setor tecnológico e, de modo generalizado, ao restante tecido empresarial, centrar toda a sua estratégia comercial e operacional na melhoria da experiência dos consumidores. Da robótica à inteligência artificial, o progresso tecnológico tem, e continuará a ter, um papel essencial na capacidade de empresas e profissionais se diferenciarem, competirem e consolidarem.

Acreditamos que empresas, universidades e entidades dos mais diferentes perfis, devem encarar a disrupção digital como uma oportunidade para se tornarem mais competitivos nas respetivas cadeias de valor. Produtores, distribuidores, armazenistas, consumidores, decisores, mundo académico e demais interlocutores institucionais, têm na transformação digital, a possibilidade de recrutar os melhores. De otimizar os seus processos. As suas relações.

Tendo presente esta prioridade, a GS1 Portugal – Codipor assinou, em 2017, um acordo com a COTEC, no âmbito do Programa Indústria 4.0 – Estratégia Nacional para a Digitalização da Economia, passando, desde então, a participar ativamente como membro efetivo do Comité Estratégico da Plataforma Portugal Indústria 4.0. O objetivo da GS1 Portugal, no âmbito desta parceria, passa por apoiar as empresas portuguesas no respetivo processo de transformação digital, através de medidas e iniciativas que potenciem a digitalização. O Fórum Digital Engagement contribui também, precisamente, para este propósito.

40 anos depois do início de uma revolução digital e quase 50 anos após a adoção do primeiro standard global, o mundo continua a mudar. Todos os dias. Oportunidades e desafios coabitam. Cabe-nos a nós ser parte dessa dinâmica, detetar tendências e ser parte da solução.

Por: João de Castro Guimarães, diretor executivo da GS1 Portugal – Codipor

Artigos Relacionados: